sexta-feira, 11 de Abril de 2014

QUERO IR JOGAR GOLFE,
QUERO IR JOGAR GOLFE !

Posso dizer-vos que tenho saudades do golfe? Obrigada.

Tenho saudades do golfe

Já devem ter dado conta que não tenho vindo aqui ultimamente, certo? É um bocado dificil não reparar. A verdade é que, tendo uma relação fortíssima com o golfe, o mestrado veio estragar um bocado isso: os meus últimos fins-de-semana (meus e os da minha mãe) têm sido somente para work and no fun e nós as duas precisamos de ir jogar!

Segundo o windguru, vai estar estar nublado, com pouco vento e temperatura amena... Se assim for, até não está nada mau para um dia de treino! Por favor, São Pedro, sê bonzinho e mantém/melhora o tempo, sim?


Enquanto não tenho mais novidades, deixo-vos com o Caleb C de 6 anos! :)





Até breve! (Espero mesmo que assim seja)
Beijinhos golfistas,
mmap

sexta-feira, 14 de Março de 2014

VLOG # 1

Boa noite amigos!
Antes de mais, bom fim-de-semana! :)


Neste post vou-vos apresentar o meu primeiro VLOG! Tendo em conta que o mestrado me ocupa algum tempo e não me permite escrever-vos tanto quanto gostaria, vou optar por outra alternativa: os vídeos! É claro que os textos não vão faltar, mas agora poderão mesmo VER os acontecimentos que vos descrevo! :)

Este primeiro vlog é curtinho e mostro-vos o que aconteceu naquele dia em que fui à Beloura com vontade para jogar mas, devido ao tempo e tendo em conta que não tínhamos os fatos impermeáveis, acabámos por não o fazer. De qualquer forma, vimos o trolley de golfe mais pequeno  DO MUNDO !











Espero que tenham gostado!
Amanhã vou ter um torneio especial, aguardem para ver!


Beijinhos golfistas,
mmap

quarta-feira, 12 de Março de 2014

And If You Play Golf, You're My Friend # 3

An Irony

In Golf your strengths and weaknesses will always be there. If you could improve your weaknesses, you would improve your game.
The irony is that people prefer to practice their strengths.


E vocês, confessem lá: tentam melhorar os vossos pontos fracos ou os vossos pontos fortes?
Eu começo: eu tento fazer as duas mas, por vezes, tento melhorar mais os meus pontos fortes.





Beijinhos golfistas,
mmap

sábado, 8 de Março de 2014

And If You Play Golf, You're My Friend # 2

God Knows 

God made what is called the lifeline in the right palm of a human being for one special reason...
It fits just exactly perfectly against the left thumb in a good golf grip.



Beijinhos golfistas,
mmap

quinta-feira, 6 de Março de 2014

And If You Play Golf, You're My Friend # 1

Quando estava na altura de exames, em que tinha de estudar e mal tinha tempo para o resto do mundo, a coisa que mais sentia falta era ler. (Não me levem a mal, também sentia muita falta de jogar, mas tendo em conta o temporal por que passámos nos últimos dois meses, jogar golfe à chuva só se fosse torneio...)
Eu gosto muito de ler, principalmente quando tenho algum tempo livre. E é mesmo sobre livros que vos venho falar hoje:

No ano passado, recebi vários livros antigos por parte da minha tia e um deles chamou-me a atenção na altura mas, como estava em época de exames, é claro que não tinha tempo para o ler e deixei-o na estante.
Agora que finalmente os exames acabaram, a minha "época literária" voltou! Na estante tinha os vários livros que referi, arrumados, prontos para serem lidos e peguei naquele que me tinha "chamado à atenção".

O livro é este:


Ao inicio pensei que não ia gostar. Eu sei, nunca julgues um livro pela sua capa, mas até que o fiz... Mas arrependi-me! O livro tem várias histórias, todas relacionadas com o antigo treinador e profissional de golfe Harvey Penick (RIP), e são extremamente interessantes, com piada e instrutivas.

Acredito que haja pessoas que tenham este livro e que já o tenham lido mas pensei para com os meus botões que estava a ser mais ou menos egoísta em não partilhá-las com aqueles que não conhecem, por isso podem contar a partir de hoje com histórias de Harvey Penick aqui no meu estaminé :). Aqui está a primeira, espero que gostem!



My Son-in-law's First Lesson
My son-in-law, Billy Powell, was captain of the University of Texas basketball team. When my daughter, Kathryn, married him, Billy's pals accused him of trying to improve his golf game.

Everybody knew that was meant as humor, because Billy had never touched a golf club. Basketball as Billy's idea of a real game, not golf.


After college, Billy and Kathryn served a tour in the Air Force. They were stationed at Clovis, New Mexico. Billy tried golf for the first time in Clovis. Playing with a friend who had a 2 handicap, Billy learned what a thrilling experience golf can be. He was hooked.


Billy phoned me that night. He was so excited, he could hardly catch his breath.


"Harvey, I'm on my way to Austin to take a lesson," he said. "How soon can you fit me in?"


I said, "Billy, I will send you a set of golf clubs. Play for six month. Then we'll talk about lessons."


Six month later, Billy and I went to the practice range at Austin Country Club.


"I have to ask you a question," Billy said. "I've had an awful struggle for six month. Why did you make me wait so long for this first lesson?"


"This is the second lesson," I said. "Your first lesson was six month of struggle on my own."


"But why?"


I said, "Athletes like you, who have had success in other sports, need to be humble before they can learn the game of golf."


There's an old saying: The student must be ready for the teacher to appear.




Beijinhos golfistas,
mmap