terça-feira, 16 de outubro de 2012

VI Portugal Masters 2012 #2



Como vos falei no post anterior, no dia14 de Outubro estive presente na final do Portugal Masters 2012, em Vilamoura, Algarve.

Cheguei por volta das 11h e pouco, e o parque de estacionamento já estava bastante cheio. O tempo, céu praticamente limpo e sol quente, mostrava-se favorável ao jogo de todos os participantes deste evento.
Pude ver as saídas de Ricardo Gonzalez e Goerge Coetzee e também do nosso português Ricardo Melo-Gouveia com Thomas Aiken.



Acompanhei-o durante os primeiros buracos mas acabei por regressar "instalando-me" no green do 9 para ver passar algumas formações como as de  Felipe Aguilar + Mathew Baldwin, Saun Micheel + Jamie Donaldson e também da formação de outro português, Pedro Figueiredo com Simon Dyson.











Este foi o bilhete de entrada para esta nova edição do Portugal Masters. Em foco: o vencedor da edição de 2011, Tom Lewis.







Devo dizer que foi um belo dia para apreciar este grande desporto que é o golfe.

Infelizmente o tempo piorou um pouco já para o final do dia, ficando com bastante nuvens, pouca luz e algum frio.
Depois de ter percorrido alguns buracos resolvi ficar-me pelo green do 14. Nesta imagem nota-se a quantidade de pessoas que se amontoaram à volta daquele green para ver chegar os melhores jogadores: Ross Fisher, Bernd Wiesberger, Richard Finch e o vencedor desta edição: Shane Lowry ! Todos eles com as equipas de reportagem atrás...



Depois destes últimos jogadores passarem o 14, foi visível a quantidade de pessoas que os seguiam. Pareciam formigas... já para não falar da quantidade de pessoas que já se encontravam atrás de mim !


Infelizmente fiquei desiludida com alguns jogadores desta prova devido à ausência de fair-play. Estes, que deviam dar o exemplo para as camadas mais jovens para não terem más atitudes, mostraram o seu "mau génio" lançando bolas para os lagos, atirando os tacos com força para o chão/saco... Só faltava mesmo era baterem no seu caddy!
Há que salientar aqui a grande atitude dos nossos portugueses. O Ricardo Santos, no buraco 18, manteve a calma depois da sua 2ª pancada para o green ter ressaltado para o lago, levando a acrescentar ao score uma pancada devido ao drop. Terminou com 6 abaixo do par do campo ficando num fantástico 16º lugar!


E é tudo! Chegou ao fim mais uma edição do Portugal Masters no Oceânico Victória em Vilamoura. Para o ano, se possível, lá estarei de novo!
Entretanto, aqui ficam algumas fotos :)


Alta publicidade ao meu blog! Camisola personalizada por Maria José Moreira!

Green do buraco 14
Saídas de Peter Whiteford e Keith Horne no 1.


O leader board no inicio da tarde


Avizinhava-se mau tempo... mas foi só uma ameaça

Vista do green do 14 para o buraco 18 com a plateia lá ao fundo.



 Beijinhos golfistas,
mmap
Enviar um comentário